Brasão Tupi

Tupi Football Club
"(…)E vive a glória dos imortais"

Mineiro

Estádio  Municipal recebe boa presença de público para Tupi x Cruzeiro pelo Mineiro de 2015 (Foto: Toque de Bola)

Estádio Municipal Radialista Mário Helênio recebe boa presença de público para Tupi x Cruzeiro pelo Mineiro de 2015 (Foto: Toque de Bola)

Inicialmente conhecido como o “Campeonato da Cidade”, o Mineiro foi realizado pela primeira vez em 1915, organizado pela Liga Mineira de Esportes Atléticos (LMEA) com apenas participantes de Belo Horizonte. Em 1933, a competição teve pela primeira vez a unificação entre os torneios da capital do Estado e de Juiz de Fora, marcando o início da profissionalização do campeonato e a estreia do Galo Carijó no Estadual.

A melhor campanha do Carijó no Mineiro vem justamente do primeiro capítulo da história juizforana na competição. O Alvinegro de Santa Terezinha foi vice-campeão de 1933, ao lado do Palestra Itália, hoje Cruzeiro. Nesta histórica temporada, duas taças foram disputadas: a de campeão estadual e do torneio de BH – esta última sem a participação das equipes juizforanas.

O time do Tupi na campanha histórica de 1933 tinha Jairo, Oliveira, Paixão, Coruja, Onestaldo, Magalhães, Lima, Miro, Lage, Nery e Rolando.

Em três edições o artilheiro do Campeonato Mineiro foi carijó. Em 1933, Lage marcou 13 gols e dividiu posto de maior goleador do torneio com Paulista (América) e Canhoto (Villa Nova). Na edição de 1987, o atacante Luizão, também com 13 gols, foi quem mais balançou a rede, ao lado de Carlos Henrique, do Uberlândia. Fechando a lista, pela edição de 2002, o carijó Marcelo marcou 8 gols e também entrou para a galeria dos artilheiros do Mineiro, ao lado de Alex Rossi (Ipatinga) e Luiz Gustavo(Caldense).

A atual edição do Estadual foi a 32ª participação carijó na elite mineira. Em 1933, ano marcado pela unificação dos torneios de Juiz de Fora e BH, o Galo Carijó conquistou o vice-campeonato, melhor campanha alvinegra até os dias de hoje. Confira todas as colocações finais do Tupi nas participações do Mineiro:

– 1933 (Vice-campeão), 1969 (8º), 1970 (11º), 1971 (6º), 1972 (11º), 1976 (14º), 1980 (19º), 1981 (10º), 1982 (12º), 1984 (6º), 1985 (4º), 1986 (10º), 1987 (3º), 1988 (10º), 1989 (6º), 1990 (16º), 1991 (10º), 1992 (23º), 1993 (18º), 1995 (12º), 2002 (4º), 2003 (4º), 2004 (13º), 2007 (4º), 2008 (3º), 2009 (7º), 2010 (5º), 2011 (6º), 2012 (4º ), 2013 (5º), 2014 (5º) e 2015 (9°).

Campanha em 2015

Mineiro class. primeira fase

Tabela: Federação Mineira de Futebol

 

A partida com a URT no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio marcou o fim da participação do Tupi no Campeonato Mineiro de 2015. Nono colocado com 10 pontos, o Alvinegro cumpriu as primeiras metas do ano, não correndo riscos de rebaixamento, podendo passar o foco para a Série C do Campeonato Brasileiro.

Confira a campanha do Tupi no Campeonato Mineiro de 2015:

1ª rodada: Atlético Mineiro 2 x 0 Tupi – Arena Independência

2ª rodada: Tupi 2 x 1 Tombense – Estádio Municipal Radialista Mário Helênio

3ª rodada: Tupi 1 x 2 América Mineiro – Estádio Municipal Radialista Mário Helênio

4ª rodada: Democrata-GV 0 x 1 Tupi – José Mammoud Abbas

5ª rodada: Tupi 0 x 3 Cruzeiro – Estádio Municipal Radialista Mário Helênio

6ª rodada: Caldense 2 x 1 Tupi – Estádio Municipal Dr. Ronaldo Junqueira

7ª rodada: Tupi 0 x 0 Boa Esporte – Estádio Municipal Radialista Mário Helênio

8ª rodada: Tupi 3 x 0 Villa Nova – Estádio Municipal Radialista Mário Helênio

9ª rodada: Mamoré 4 x 0 Tupi – Bernardo Rubinger de Queiroz

10ª rodada: Guarani 1 x 0 Tupi – Waldemar Teixeira de Faria

11ª rodada: Tupi 1 x 2 URT – Estádio Municipal Radialista Mário Helênio

 

Texto: Misto Quente Comunicação

Foto: Toque de Bola – Direitos Reservados

Competições links
Voltar